2019 foi um ano de muito trabalho para a AMASCO. Firme no seu propósito de ser uma Associação de Moradores ativa e participativa, a AMASCO esteve atenta aos principais problemas do bairro de São Conrado ao longo do ano.

Nos primeiros meses de 2019, a AMASCO esteve à frente das reivindicações dos moradores por conta dos inúmeros prejuízos causados pelas fortes chuvas, bem como com o impasse relativo aos blocos carnavalescos e passeatas LGBT em São Conrado que, graças à pressão de nossa Associação, neste ano não foram autorizados a desfilar pelo Bairro.

Além disso, a AMASCO tem participado bimensalmente de reuniões com o Promotor de Justiça Felipe Pires Cuesta, que está à frente do caso da malfadada obra da galeria de cintura de São Conrado. No último encontro realizado em novembro com a Rio-Águas foram definidas algumas melhorias para a microdrenagem do bairro e a Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Conservação comprometeu-se a realiza-las antes do início das chuvas de verão. A AMASCO permanece atenta e pressionando a Prefeitura e a Rio-Águas a finalizarem as obras, para que nosso bairro não sofra novamente com enchentes e alagamentos decorrentes das fortes chuvas. Igualmente tem pressionado e acompanhado o trabalho da COMLURB para desobstrução dos bueiros.

Outro assunto encabeçado pela AMASCO em 2019 foi a reabertura da alça de acesso ao viaduto Graça Couto. O presidente, José Britz, marcou presença nos principais veículos de comunicação da cidade, e a AMASCO conseguiu que a via permanecesse aberta em caráter definitivo.

Como todos sabem, um dos principais temas neste ano para os moradores do Bairro e a AMASCO foi o fechamento da Avenida Niemeyer. Mediante grande articulação de nossa Diretoria, a Amasco foi aceita como amicus curiae no processo judicial que trata da reabertura da via. Além de pressionar a Prefeitura por informações, prazos e ações efetivas, a AMASCO se fez presente nos principais veículos de comunicação da cidade, realizando inclusive uma coletiva de imprensa sobre o assunto com o objetivo de dar visibilidade ao caso e pressionar as autoridades para solução o problema.

Em 2018, a AMASCO também recolheu mais de 900 assinaturas junto aos moradores na tentativa de sensibilizar os órgãos públicos para a implantação de uma linha de ônibus circular no bairro de São Conrado. Essa ação contou inclusive com a ajuda da Paróquia de São Conrado e do Vereador Carlo Caiado. A Secretária Municipal de Transportes apresentou sua decisão somente em 2019. Essa linha não foi autorizada sob a alegação de que o Bairro já possui diversas linhas de ônibus e vans. Diante disso, a AMASCO buscou parceria com o Shopping Fashion Mall, o Hortifruti e o Clube São Conrado de Voo Livre. No entanto, nenhuma entidade demonstrou interesse. Considerados os eventuais riscos de responsabilidade civil e/ou criminal inerentes ao transporte coletivo, a AMASCO decidiu por não assumir essa atividade operacional, sugerindo contratação direta dos Condomínios. No próximo ano pretendemos realizar novas pesquisas e buscar solução para o tema.

A AMASCO está ciente do seu papel de aglutinadora dos esforços coletivos para reivindicar direitos, para cobrar e interagir com diversos órgãos públicos, autarquias e demais agentes que se relacionem com nosso bairro. Nesse sentido, a AMASCO convocou os moradores para debaterem dois assuntos importantes para São Conrado, como são o caso do crescimento urbano desordenado das comunidades do entorno do Bairro e o Plano de Estruturação Urbana – PEU de São Conrado. Em duas ocasiões, esses assuntos levaram centenas de moradores do Bairro ao teatro do Fashion Mall para participarem, interagirem e opinarem sobre as propostas. O abaixo-assinado do PEU, entregue à Prefeitura do Rio com mais de 1.600 assinaturas, rendeu a suspensão do projeto até que os ajustes solicitados sejam realizados. A AMASCO também participou de todas as audiências públicas promovidas pela Prefeitura e pela Câmara dos Vereadores sobre o PEU de São Conrado.

Ainda sobre a proposta do novo PEU, a AMASCO comunicou ao Ministério Público o não cumprimento da legislação urbanística vigente, o que levou à instauração do Inquérito Civil nº 1256 por parte desse Órgão.

Mas nem só de grandes causas a AMASCO se ocupa. Os problemas do dia-a-dia do Bairro também têm um espaço importante na rotina de trabalho da nossa Associação. Conseguimos que os moradores de rua que haviam se instalado sob o elevado do Joá fossem acolhidos e tentamos, mês a mês, reportar todas as denúncias de desordem urbana, resultando em diversas operações da SEOP e da Guarda Municipal.

A reabertura de um ícone do nosso bairro – o Hotel Nacional – foi um fato que trouxe muita alegria para a AMASCO e a todo o Bairro em 2019. Temos divulgado em nossas redes sociais a programação de festas e eventos do Hotel, que oferece preços e condições especiais para os moradores de São Conrado. Ao mesmo tempo temos acompanhado as propostas dos investidores proprietários do imóvel do Hotel junto à Prefeitura para eventual reforma e/ou transformação da atividade do hotel, de forma a informar a população do Bairro e agir de acordo com seu interesse.

Da mesma forma, a AMASCO mediou o conflito decorrente do desconforto sonoro causado pela instalação dos aparelhos de ar condicionado do Hotel, com base em laudo técnico de uma perita judicial contratada pelos moradores, sob coordenação da Associação, o que provocou a instalação de uma cobertura dos equipamentos que atenuou sensivelmente a propagação de ruídos. No entanto, uma solução definitiva deverá ser adotada após laudo do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), já que o prédio foi tombado pelo município em 1998 e qualquer alteração na fachada ou no jardim depende de autorização dos órgãos competentes. A questão está judicializada.

Nosso Bairro precisa da participação maciça dos seus moradores. Precisamos aumentar nossa capacidade de pressão junto aos agentes públicos e é através da articulação da comunidade que ganhamos força política.

Participe você também, ajude o seu bairro a ser ouvido!

Curta nossa fan page no Facebook https://www.facebook.com/AmascoSC e no Instagram: https://www.instagram.com/amigosdesaoconrado/. Fique ligado na nossa programação e participe de nossas reuniões e encontros.

Nosso WhatsApp também está à disposição para dúvidas e sugestões: (21) 97591-6264.

Seguiremos juntos em 2020! Boas Festas e Feliz Ano Novo!

 

José Britz Presidente

Luiz Cattapan 1º Vice-Presidente

Marcio Ardelio de Souza 2º Vice-Presidente

Marlene Parente 3ª Vice-Presidente

Maria Portinari Diretora Jurídica

Luiz Alexandre Bisaggio Diretor Secretário Adjunto

Hélio Queiroz Diretor Tesoureiro

Arlindo Charbel Diretor Tesoureiro Adjunto

Felipe Barbosa Diretor de Marketing

Maria Florentina Camerini Diretora de Marketing Adjunta

Epaminondas S. Dantas de Souza Presidente do Conselho de Moradores

Associação de Moradores e Amigos de São Conrado